Questões de Conceito Objeto Regime e Campo de aplicação - Contabilidade Pública

  • questão #353216
    FGV - 2014 - TCE - BA - Agente Público
    Assunto: Conceito Objeto Regime e Campo de aplicação
    Quanto à NBC T 16.9 - Depreciação, Amortização e Exaustão, analise as afirmativas a seguir. I. Sem prejuízo da utilização de outros métodos de cálculo dos encargos de depreciação, podem ser adotados os seguintes métodos: quotas constantes; somas dos dígitos; unidades produzidas.
    II. Valor residual compreende o valor do bem registrado na Contabilidade, em determinada data, deduzido da correspondente depreciação, amortização ou exaustão acumulada.
    III. A depreciação de bens imóveis deve ser calculada com base, exclusivamente, no custo de construção, deduzido o valor dos terrenos. Assinale:
    a) se somente a afirmativa I estiver correta.
    b) se somente a afirmativa II estiver correta.
    c) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
    d) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
    e) se todas as afirmativas estiverem corretas. )
  • questão #353225
    ESAF - 2014 - Ministério do Turismo - Contador
    Assunto: Conceito Objeto Regime e Campo de aplicação
    Sobre o campo de aplicação do Plano de Contas Aplicado ao Setor Público - PCASP, é correto afirmar:
    a) é de aplicação obrigatória pela administração direta e autarquias e facultativo para as demais entidades.
    b) é de uso obrigatório pelas unidades gestoras da administração direta e facultativo para as demais unidades.
    c) sua aplicação é obrigatória para as entidades do âmbito federal e opcional para os demais entes federados.
    d) seu uso é facultativo por qualquer entidade desde que sigam as normas estabelecidas pela Lei n. 4.320/1964.
    e) é aplicável obrigatoriamente por todas as entidades governamentais, sendo facultativo para as estatais independentes.
  • Em relação a mensuração de ativos, reavaliação, teste de recuperabilidade, impairment, depreciação, amortização e exaustão, julgue os próximos itens.
    Para a realização do teste de recuperabilidade de um ativo intangível, deve-se considerar que o seu valor recuperável advém da comparação entre o valor justo e o valor em uso, sendo, dos dois, o maior.
    Certo
    Errado
  • Em relação a mensuração de ativos, reavaliação, teste de recuperabilidade, impairment, depreciação, amortização e exaustão, julgue os próximos itens.
    A amortização de ativo intangível, independentemente de sua vida útil, deve ser suspensa a partir do momento em que o bem for classificado como disponível para venda, voltando a ser depreciado normalmente se essa situação for revertida.
    Certo
    Errado
  • Em relação a mensuração de ativos, reavaliação, teste de recuperabilidade, impairment, depreciação, amortização e exaustão, julgue os próximos itens.
    Segundo as normas contábeis em aplicação na União, na reavaliação de bens do ativo imobilizado deve-se comparar o valor contábil líquido da depreciação com o valor reavaliado para que se faça a atualização, de que pode decorrer ganho ou perda em função do ajuste.
    Certo
    Errado
  • Em relação a mensuração de ativos, reavaliação, teste de recuperabilidade, impairment, depreciação, amortização e exaustão, julgue os próximos itens.
    Os valores de bens registrados no ativo imobilizado ou intangível podem ser aumentados em função de reavaliação ou de teste de impairment.
    Certo
    Errado
  • questão #353294
    CESPE - 2014 - SUFRAMA - Contador
    Assunto: Conceito Objeto Regime e Campo de aplicação
    Julgue os próximos itens, relativos ao campo da contabilidade aplicada ao setor público e à composição do patrimônio público.
    Para compor o patrimônio público, os bens e direitos devem ser portadores ou representantes de um fluxo de benefícios presente ou futuro.
    Certo
    Errado
  • questão #353295
    CESPE - 2014 - SUFRAMA - Contador
    Assunto: Conceito Objeto Regime e Campo de aplicação
    Julgue os próximos itens, relativos ao campo da contabilidade aplicada ao setor público e à composição do patrimônio público.
    Apenas as entidades governamentais, os serviços sociais e os conselhos profissionais devem observar integralmente as normas e as técnicas próprias da contabilidade aplicada ao setor público.
    Certo
    Errado
  • questão #133083
    ESAF - 2013 - DNIT - Analista Administrativo - Contábil
    Assunto: Conceito Objeto Regime e Campo de aplicação
    Assinale a opção falsa a respeito da caracterização das entidades do setor público para efeitos da aplicação de regras contábeis.
    a) Pessoas físicas se equiparam a entidades públicas quando recebem subvenção de órgão público para efeitos contábeis.
    b) Entidades que possuem personalidade jurídica de direito privado podem ser consideradas do setor público.
    c) As organizações não governamentais quando recebem recursos públicos são obrigadas a se submeterem integralmente às regras contábeis aplicadas ao setor público.
    d) Uma condição fundamental a ser considerada no momento da aplicação das regras de contabilidade é se o ente aplica e/ou gerencia recurso público.
    e) As entidades que recebem recursos do setor público na forma de contraprestação de serviços não estão submetidas às regras desse setor para efeitos contábeis.
  • questão #133084
    ESAF - 2013 - DNIT - Analista Administrativo - Contábil
    Assunto: Conceito Objeto Regime e Campo de aplicação
    Assinale a opção cujo conteúdo não indica um dos objetivos da contabilidade aplicada ao setor público:
    a) refletir o ciclo da administração pública.
    b) fornecer informações para a instrumentalização do controle social.
    c) demonstrar os resultados alcançados pela entidade do setor público.
    d) apresentar os aspectos de natureza orçamentária, econômica, financeira e física do patrimônio da entidade pública.
    e) evidenciar as mutações do patrimônio.
  • questão #133123
    ESAF - 2013 - DNIT - Analista Administrativo - Administrativa
    Assunto: Conceito Objeto Regime e Campo de aplicação
    Com base nos conceitos gerais da Contabilidade Pública, assinale a opção correta.
    a) A legislação brasileira inclui em seu campo de atuação as pessoas jurídicas de Direito Público tanto interno quanto externo.
    b) A execução das receitas e despesas do consórcio público constituído como pessoa jurídica de direito privado é regida pelas normas do Direito Privado.
    c) As sociedades de economia mista não estão sujeitas à adoção do plano de contas único da Administração Federal.
    d) Para a doutrina, não há distinção entre patrimônio público e contábil dos órgãos e entidades da Administração Pública.
    e) Das funções básicas da Contabilidade - planejamento e controle -, somente o segundo tem caráter compulsório para os entes da Administração.
  • questão #133187
    ESAF - 2013 - STN - Analista de Finanças e Controle - Contábil
    Assunto: Conceito Objeto Regime e Campo de aplicação
    A principal vantagem na adoção da visão de processo, na implantação de um sistema de custos no setor público, é:
    a) permitir observar com nitidez se a necessidade dos administradores está focada nas atividades ou nos resultados produzidos em termos de bens e serviços.
    b) estabelecer indicadores de desempenho que permitam a implantação e o acompanhamento dos custos pelo BSC.
    c) introduzir o conceito de custo base zero, com o objetivo de cumprir o orçamento aprovado pelo órgão público naquele ano.
    d) determinar as bases para garantir a identificação dos custos marginais, da margem de contribuição e da comparabilidade entre o custo orçado e o custo real.
    e) mapear os processos de forma a estabelecer os custos diretos atribuíveis à fase analisada e garantir o cumprimento do orçamento em relação aos custos variáveis reais.
  • questão #133190
    ESAF - 2013 - STN - Analista de Finanças e Controle - Contábil
    Assunto: Conceito Objeto Regime e Campo de aplicação
    O Sistema de Contabilidade Federal não tem por finalidade
    a) promover a padronização e a consolidação das contas nacionais.
    b) evidenciar os custos dos programas e das unidades da Administração Pública Federal.
    c) promover a busca da convergência aos padrões internacionais de contabilidade.
    d) evidenciar os recursos do orçamento da União vigentes e as alterações correspondentes.
    e) apurar atos ilegais praticados por agentes públicos e punir os responsáveis por esses atos.